Encontre a apostila para o seu concurso público aqui

Apostilas Concurso Técnico IBGE Nível / Ensino Médio - 2013


Ver Apostila
Conheça as apostilas lançadas  para o concurso público 2013 do IBGE para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas, que exige o ensino médio completo e CNH, pelas editoras Solução, Opção e Nova.


REMUNERAÇÃO DO CARGO

Será a seguinte a remuneração para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas da carreira de Suporte Técnico em Produção e Análise de Informações Geográficas e Estatísticas do Plano de Carreiras e Cargos do IBGE:
Classe A - Padrão IVencimento BásicoGDIBGE (1) (80 pontos)Gratificação de Qualificação (GO)Remuneração Total (2)
Sem GQR$ 2.01130R$ 800,80-R$ 2.813,10
GQ I (3)R$ 2.01130R$ 800,80R$ 387,09R$ 3.200,19
GQ II (4)R$ 2.012,30R$ 800,80R$ 735,47R$ 3.548,57
GQ III (5)R$ 2.012,30R$ 800,80R$ 1.397,39R$ 4.210,49
Ver Apostila
(1) GDIBGE - Atualmente a gratificação pode chegar a valer até 100 pontos (composta por até 80 pontos decorrentes da avaliação de desempenho institucional, e até 20 pontos resultantes da avaliação de desempenho individual). De acordo com a legislação vigente, o cálculo para aqueles que ingressam no IBGE é feito com base em 80 pontos, permanecendo assim até a primeira avaliação de desempenho do servidor que venha surtir efeito financeiro, conforme determina o Artigo 81-C § 2º da Lei nº. 11.355, de 19 de outubro de 2006, e alterações posteriores. Esta gratificação poderá variar para mais ou para menos em função do desempenho institucional e individual. O valor do ponto é de R$ 10,01 (dez reais e um centavo), conforme estabelecido no Anexo XVIII da Lei nº. 12.778, de 28 de dezembro de 2012. A Avaliação de Desempenho individual é um processo que ocorre anualmente em dois períodos que se consolidam a cada seis meses, iniciando-se o 1º período em janeiro e o 2º período em julho. Para ser avaliado, o servidor deverá ter permanecido em exercício de atividades inerentes ao cargo em unidades do IBGE por, no mínimo, 2/3 (dois terços) de um período completo de avaliação.
Ver Apostila
(2) Após ser processada a primeira avaliação de desempenho individual que venha surtir efeito financeiro, caso a pontuação máxima da GDIBGE (100 pontos) seja atingida, o total da remuneração bruta poderá chegar a R$ 3.013,30, para os servidores sem GQ, a R$ 3.400,39 para os que estejam recebendo a GQ I, a R$ 3.748,77, para os que estejam recebendo a GQ II e a R$ 4.410,69, para os que estejam recebendo a GQ 111. Ressalte-se que, após o ingresso no IBGE, o recém-nomeado deverá solicitar a Gratificação de Qualificação - GQ, seja em nível I, II ou III. O recém-nomeado será devidamente orientado a respeito de como proceder para requerer a concessão da GQ.
(3) Para fazer jus à Gratificação de Qualificação - GQ, em nível I, o servidor deverá comprovar a conclusão de curso(s) de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos integralize uma carga horária mínima de 180 (cento e oitenta) horas-aula, de acordo com os critérios vigentes em normatizações internas.
(4) Para fazer jus à Gratificação de Qualificação - GQ, em nível II, o servidor deverá comprovar a conclusão de curso(s) de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos integralize uma carga horária mínima de 250 (duzentas e cinquenta) horas-aula, de acordo com os critérios vigentes em normatizações internas.
(5) Para fazer jus à Gratificação de Qualificação - GQ, em nível III, o servidor deverá comprovar a conclusão de curso(s) de capacitação ou qualificação profissional cujo somatório de cursos integralize uma carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas-aula; ou de curso de graduação ou pós-graduação, seja em nível de especialização, mestrado ou doutorado, de acordo com os critérios vigentes em normatizações internas.