Encontre a apostila para o seu concurso público aqui

Apostila Concurso ACS - Agente Comunitário de Saúde | Prefeitura de Garanhuns - PE - 2015

Apostila para o concurso público de 2015 da Prefeitura de Garanhuns - PE, completa e atualizada para o cargo de Agente Comunitário de Saúde - ACS, de nível / ensino fundamental, elaborada pela Editora Nova, seis anos de atividades no ramo. Há também apostilas para os cargos de Guarda Municipal, Agente Administrativo, Professor e outros.
Clique aqui para acessar esta apostila
A apostila para o cargo de Agente Comunitário de Saúde da Prefeitura de Garanhuns - PE possui 400 páginas e contém as seguintes matérias: Língua Portuguesa; Conhecimentos de Informática; Raciocínio Lógico e Conhecimento Específicos. 
Requisitos para ocupar o cargo: Nível Fundamental completo e residir na comunidade com data limite até a publicação deste edital.
Remuneração: R$1.014,00
Jornada de Trabalho: 8 (oito) horas diárias e 40 (quarenta) horas semanais.
Atribuições: realizar atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor municipal; utilizar instrumentos para o diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade; promover ações de educação para a saúde individual e coletiva; mobilizar a comunidade para desenvolver medidas simples de manejo ambiental para o controle de vetores; identificar sintomas de doenças e encaminhar o paciente à unidade de saúde para diagnóstico e tratamento; promover o acompanhamento dos pacientes em tratamento, ressaltando a importância de sua conclusão; investigar a existência de casos na comunidade, a partir de sintomático; preencher e encaminhar à Secretaria Municipal de Saúde a ficha de notificação dos casos ocorridos; estimular o acesso ao tratamento imediato e adequado, de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde e Fundação Nacional de  Saúde (FUNASA); atuar junto aos domicílios informando os seus moradores sobre a doença, seus sintomas e riscos, e o agente transmissor; informar o morador sobre a importância da verificação da existência de larvas ou mosquitos transmissores da dengue na casa ou redondezas, bem como, orientar sobre a forma de evitar e eliminar locais que possam oferecer risco para a formação de criadouro; vistoriar os cômodos da casa, acompanhado pelo morador, para identificar locais de existência de larvas ou mosquito transmissor da dengue; comunicar ao instrutor supervisor do PACS/PSF a existência de criadouro de
larvas e/ou mosquito transmissor da dengue, que dependam de tratamento químico, da interveniência da vigilância sanitária ou de outras intervenções do poder público; encaminhar os casos suspeitos de dengue à unidade de saúde mais próxima, de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde; seguir as normas e as orientações do programa de agente comunitário de saúde e as diretrizes do plano municipal de saúde; orientar a população sobre os meios de acesso ao serviços público de saúde; registrar, para fins exclusivos de controle e planejamento das ações de saúde, os nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; participar de ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida no Município de Garanhuns.

Conheça todas apostilas da Editora Opção e Editora Solução e  Editora Nova.