Encontre a apostila para o seu concurso público aqui

Apostila Concurso Prefeitura de Barretos - SP - Cuidador - 2015

Apostila para o concurso público de 2015 da Prefeitura de Barretos - SP, completa e atualizada para o cargo de Cuidador, de nível / ensino médio, elaborada pela Editora Nova, sete anos de atividades no ramo. Há também apostilas para os cargos de Nível Fundamental Incompleto.
Clique aqui para acessar esta apostila
A apostila para o cargo de Cuidador da Prefeitura de Barretos - SP possui 272 páginas e contém as seguintes matérias: Língua Portuguesa, Matemática; Legislação e Conhecimentos Específicos.
Atribuições do cargo de Cuidador da Prefeitura de Barretos - SP: Atuam em toda a Educação Básica; dão apoio às atividades de locomoção, higiene e alimentação, aos alunos que não realizam essas atividades com independência, conforme as especificidades apresentadas pelo aluno, relacionadas à sua condição de funcionalidade e não a condição de deficiência; entendem sobre cuidados básicos de atividades de vida diária e prática do cotidiano dos alunos (dão lanche aos que apresentam dificuldades motoras dos membros superiores, realizam a higiene bucal após a alimentação e nos casos de sialorréia, e a higiene corporal/íntima e trocas de fraldas e de vestuário); sabem abordar os alunos para os cuidados pessoais, bem como os auxiliam para o uso do banheiro; auxiliam parcialmente ou realizam pelo aluno atividades de vestir, deambular ou locomover, manipular objetos, sentar, levantar, transferência postural, escrever, digitar, comunicar-se, orientar-se espacialmente, brincar e outras; compreendem indicações básicas contidas no histórico escolar do aluno com referência às necessidades educacionais especiais; têm conhecimento de quando uma situação requer outros cuidados fora aquele de seu alcance e do âmbito da escola; atuam de forma articulada com o professor da sala comum, da sala de Atendimento Educacional Especializado, não tendo a atribuição de desenvolver atividades educacionais diferenciadas e nem responsabilizar-se pelo ensino do aluno, mas colaboram com o Professor Regente e/ou Direção quando da execução das atividades propostas aos alunos, interagindo com os demais profissionais da instituição; contribuem para o oferecimento de espaço físico e de convivência adequado à segurança, ao desenvolvimento, ao bem-estar social, físico e emocional do aluno nas dependências das unidades escolares; observam regras de segurança no atendimento ao aluno e na utilização de materiais, equipamentos e instrumentos durante o desenvolvimento das rotinas diárias; observam as alterações físicas e de comportamento, desestimulando a agressividade; dominam noções primárias de saúde; acompanham o aluno em atividades sociais e culturais programadas pela unidade escolar; atendem mais de um aluno, observando os registros feitos no ato da matrícula, em entrevista com os pais e/ou responsáveis, pessoas da convivência diária com as crianças assim como os profissionais responsáveis pelo seu atendimento; colaboram na execução de atividades que visem à desestimulação da agressividade sob a orientação e supervisão do Professor Regente da sala; participam de programas de capacitação corresponsável; executam outras atividades semelhantes e pertinentes ao cargo, quando da ausência do aluno, em períodos diários ou mais prolongados, determinadas pelo superior hierárquico; trabalham em conformidade com as normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental; executam outras tarefas correlatas de ofício ou sob a ordem do superior imediato. 
Legislação para o cargo de Cuidador:
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm Artigos: 5º, 6º, 205 a 214 . 124
BRASIL. Política Nacional da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva - MEC/2008 6-
BARRETOS. Lei Complementar nº 68, de 03 de julho de 2006. Dispõe sobre o regime Jurídico dos Servidores do Município de Barretos e dá outras providências, e alterações subsequentes. http://legislacao.barretos.sp.gov.br/camver/estfunc/estfunc.pdf
BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm
BRASIL. Lei Federal nº 7.853/89. Dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência, sua integração social, sobre a Coordenadoria para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência - Corde, institui a tutela jurisdicional de interesses coletivos ou difusos dessas pessoas, disciplina a atuação do Ministério Público e dá outras providências.
BRASIL. Nota Técnica 19/2010 - MEC/SEESP/GAB, de 8 de setembro de 2010. Profissionais de apoio para alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento matriculados nas escolas comuns da rede pública de ensino. http:www.mpba.mp.br/atuação/infância/educação/especial/nota_tecnica_seesp_8_9_2010.pdf CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
1 - MANTOAN, Maria Tereza Egler. Inclusão Escolar - O Que é? Por quê? Como Fazer? 2 ª Ed. São Paulo: Moderna, 2006.
2 - GERALIS, Elaine. Crianças com paralisia cerebral: guia para pais e educadores. Porto Alegre, ARTMED 2007.

Conheça todas apostilas da Editora Opção e Editora Solução e  Editora Nova.